Gilles Lapouge

Mais antigo colaborador em atividade no jornal, o jornalista e escritor francês escreve no Estadão desde os anos 1950, quando chegou ao Brasil indicado pelo intelectual francês Fernand Braudel.  Sua chegada está descrita em um de seus livros – ele é autor de mais de 15 títulos – chamado Equinoxiales (1977). Alguns anos depois, voltou para o seu país de origem, de onde continuou escrevendo para o Estadão. Também colabora para jornais como Le Monde e Le Figaro Littéraire. Com formação em História e Geografia, Lapouge aborda temas distintos com impressionante maestria. É colunista de Internacional do Estadão.

Todas as colunas de Gilles Lapouge: http://www.estadao.com.br/colunistas/gilles-lapouge#colunistas